Com o avanço acelerado da importação no Brasil, muitas pessoas estão se voltando para este tipo de negócio.

Se você deseja tornar-se um importador, saiba que vai precisar de um registro específico na Receita Federal. Vai necessitar também de um despachante aduaneiro (registrado e habilitado) para conduzir processos de importação.

Antes de iniciar seu negócio de importação pelo banggood, vale a pena olhar alguns passos que podem evitar alguns problemas:

  1. Analisar

Antes de iniciar no ramo da importação faça uma análise dos custos tributários e também dos não tributários.  Se você concluir que vale a pena importar, o próximo passo é criar sua empresa de importações para fazer tudo de forma legal e profissional.

  1. O que importar

A oferta de produtos é imensa. Pesquise para saber os produtos mais viáveis de comercializar de acordo com seu público alvo.

Concilie a receptividade com um lucro compensador. Não adianta adquirir um produto que o preço está baixo se você não tem onde colocá-lo com facilidade.

  1. Contatar fornecedores

Após definir o produto e quantidade solicite junto aos fornecedores cotação de preços e detalhes da negociação.

Procure os fornecedores que possam atender suas necessidades, de acordo com a escolha dos produtos, mantendo qualidade e preço acessível.

  1. Pesquise sobre o fornecedor

Busque todas as informações que estiverem disponíveis. Pesquise sobre capacidade de produção, normas de segurança, investimento, idoneidade, processos etc. Verifique a reputação do fornecedor para que você possa ter mais segurança ao negociar com ele.

  1. Negocie

Como em qualquer operação de comercio, na importação você também pode e deve negociar com seu fornecedor como por exemplo: frete, forma de pagamento, prazo para entrega, preços, amostra do produto, além de outras coisas que possam lhe oferecer alguma vantagem.

  1. Frete seguro

Dependendo da negociação feita com o fornecedor, se não estiver incluído o frete, seja cuidadoso ao contratar este serviço. Peça ajuda ao seu despachante aduaneiro para que indique um frete de confiança.

Se possível contrate um seguro da sua mercadoria e acompanhe o processo de embarque, trajeto e entrega.

  1. Aduana

Finalmente sua mercadoria chegou ao Brasil. Nesta fase do processo existem vários tramites legais para a liberação e neste momento você vai precisar do despachante. Deixe esta parte para quem tem conhecimento no assunto. Não vale a pena se envolver com toda esta burocracia.

Se você quiser saber um pouco mais sobre como importar produtos, assista o vídeo abaixo: